Reunião na AVM debate o projeto do Colégio da Vila Militar

Por
Atualizado em: 13 de janeiro de 2017

Começa a tomar corpo o projeto do Colégio da Vila Militar, cujas atividades devem começar em 2018 para atender filhos, netos e bisnetos dos associados da AVM, da sexta ao nono ano. Uma reunião nesta semana debateu diretrizes educacionais e questões relativas ao terceiro setor, entre outros temas importantes para a definição dos próximos passos.

Participaram o Coronel Washington Alves da Rosa, presidente da AVM, o Tenente-Coronel Carlos Mascarenhas Machado, o Tenente-Coronel Sérgio Renor Vendrametto, o Major Antônio Douglas Villatore e o Coronel Argentino Soares Jr. Também estiveram presentes os advogados Sandra Barbon Lewis e Eloy Connrado Bettega, do escritório de advocacia S. B. Lewis Advogados & Consultores, especializado na área tributária e terceiro setor.

“Foi uma reunião muito produtiva em que conseguimos entender mais sobre o que é necessário ao idealizar um projeto educacional. A AVM faz parte do terceiro setor, que são as atividades desenvolvidas por associações e entidades sem fins lucrativos. Por isso existem algumas particularidades”, conta o Major Villatore.

O Colégio da Vila Militar será instalado em imóvel da Rua Almirante Gonçalves que já abrigou o Colégio da Policia Militar. O prédio está atualmente sob o poder da Secretaria de Educação do Paraná, mas a AVM já solicitou que retorne para a associação.

“Realizamos uma apresentação sobre as diretrizes na área do terceiro setor e como seria a atuação da AVM. Em breve vamos ter o projeto completo em mãos, com tudo o que será necessário para colocá-lo em prática”, afirma a advogada Sandra Barbon Lewis.

 Na próxima semana a AVM e o escritório S. B. Lewis Advogados & Consultores irão realizar uma nova reunião para definir os próximos passos do projeto do Colégio Vila Militar.

 IMG_0260 IMG_0262