Reunião com presidente da Paraná Previdência é realizada na AVM

Por
Atualizado em: 30 de novembro de 2017

Reunião com presidente da Paraná Previdência é realizada na AVM

Foi realizada na AVM, manhã de quarta-feira (29), uma reunião com o presidente da Paraná Previdência, Wilson Quinteiro, e representantes das entidades de classe, com o objetivo de estreitar laços entre a PMPR, a categoria e a instituição responsável pelo sistema previdenciário dos funcionários públicos do Estado. Representando a AVM, estiveram presentes o presidente, Coronel Washington Alves da Rosa; o vice-presidente, Coronel Porcides; e demais diretores.

O encontro contou ainda com a presença do secretário Chefe da Casa Militar, Coronel Elio de Oliveira Manoel; o comandante-geral da PMPR, Coronel Maurício Tortato; o comandante do Corpo de Bombeiros, Coronel Fabio Mariano de Oliveira; o diretor de Pessoal da PMPR, Coronel Zanata; o chefe do Gabinete de Relações Institucionais da PMPR, Tenente-Coronel Carlos Eduardo Rodrigues Assunção, o presidente da Assofepar, Coronel Isaias de Farias; o presidente do Clube dos Oficiais, Coronel Vendrameto; o presidente da APRA/PR, Sargento Orélio Fontana; e a presidente da SBSS, Sargento Lucinda.

“Temos demandas muito específicas, necessidade de avanços e um anseio por um tratamento previdenciário diferenciado. A presença do presidente mostra que a Paraná Previdência tem predisposição a um respeito à nossa diferenciação, como categoria dos militares estaduais. Destaco ainda nossa gratidão e o respeito mútuo, colocando-se à disposição sempre que preciso”, afirmou o Coronel Tortato.

O Chefe do Gabinete de Relações Institucionais da PMPR, Tenente-Coronel Carlos Eduardo Rodrigues Assunção, apresentou algumas considerações importantes sobre o assunto, destacando a necessidade de um regime diferenciado, compensando os muitos direitos não são garantidos à categoria. “Do 34 direitos trabalhistas, apenas 4 são garantidos aos militares estaduais. Além disso, não temos carga horária, adicional noturno, entre outros. A única vantagem é esta diferenciação previdenciária”, explicou.

O Coronel Élio, que é também representante da categoria no Conselho de Administração da Paraná Previdência, destacou que a Casa Militar tem procurando auxiliar todas as tratativas dos militares estaduais e da instituição PMPR “Desde cadete estou envolvido com os trabalhos das associações, tendo participado ativamente de muitas lutas. E como representante no conselho temos um compromisso com toda a categoria e uma responsabilidade pessoal com a gestão. Não vamos tomar nenhuma decisão sem estabelecer o diálogo com as entidades de classe”, disse ele.

O presidente Wilson Quinteiro afirmou a possibilidade da criação de um novo modelo previdenciário, que compense os policiais e bombeiros militares. “É necessário definir um modelo, que de frutos correspondentes aos anseios da categoria. Para isso é essencial o apoio dos representantes da classe, que conhecem as dificuldades inerentes da profissão. Estaremos sempre abertos ao diálogo”, afirmou ele.