Coronel Tortato representa a AVM em trabalho parlamentar em Brasília

Por
Atualizado em: 10 de abril de 2019

O associado Coronel Maurício Tortato, que no próximo dia 30 assumirá a vice-presidência da AVM, está em Brasília, representando a Associação em importantes reuniões que discutem a reforma da previdência, com a participação de integrantes de diversas entidades representativas das forças de segurança pública.

Nesta quarta-feira (10), além das reuniões, ele visitou o gabinete de parlamentares, entre eles o deputado federal Pedro Lupion, o vice-líder do governo no Congresso Nacional, deputado Toninho Wandescher; e ainda os deputados Paulo Martins, Schiavinato, Luiz Carlos Hauly, Stephanes Júnior, Felipe Francischini, Enio Verri, Sargento Fahur e Subtenente Gonzaga.

“A participação do Coronel Tortato nestas discussões, prestando assessoramento com projetos  e sugestões, com toda a experiência, competência e trânsito que ele tem junto aos parlamentares estaduais e federais, é de grande valia para mantermos nossos direitos garantidos”, afirmou o presidente da AVM, Coronel Washington Alves da Rosa.

No período da tarde ele participou de uma reunião da FENEME, contando com a representação de associações de oficiais de diversos Estados da Federação. Foram discutidas as peculiaridades da reforma da previdência, as repercussões no âmbito dos Estados, em especial para os militares estaduais, e analisados cenários e riscos afetos ao processo legislativo, assim como as estratégias que devem ser efetivadas para que a categoria tenha as suas prerrogativas respeitadas em termos previdenciários.

“A AVM, com grande responsabilidade, está atenta a esse importante processo legislativo, acompanhará, em conjunto com outras importantes entidades, todos os passos seguintes da tramitação legislativa da PEC 06/2019 e do PL 1645/2019, e manterá seu corpo associativo informado, colhendo propostas e sugestões, tirando dúvidas e atuando para que eventuais distorções não venham a comprometer os direitos e prerrogativas que foram consolidados ao longo de mais de 160 anos de existência da PMPR”, afirmou o Coronel Tortato.

Também participaram dos trabalhos na capital federal o presidente da Assofepar, Coronel Isaías de Farias, o Coronel Carlos Assunção e o Major Claudicir Becker.

× Converse no WhatsApp