Conselho Deliberativo da AVM aprova novos investimentos para 2018

Por
Atualizado em: 21 de dezembro de 2017

Uma reunião do Conselho Deliberativo da AVM foi realizada na quarta-feira (20), na Fábrica de Confecções, presidida pelo Coronel Elpídio Artigas Filho. A reunião decorreu de obrigações estatutárias, ocasião que foi apresentado pela Diretoria Executiva ao conselho deliberativo a previsão orçamentária de 2018 ( art. 21, I)

Todos os itens foram aprovados pelo Conselho, promovendo mais um grande avanço da gestão Coração Miliciano. Confira:

1) Estabelecimento do período de seis meses de carência para reinclusão de associados;
 
A carência passará a vigorar a partir de 1º de julho de 2018 e busca evitar o mau uso dos serviços da AVM por pessoas que, por exemplo, apenas retornam ao quadro associativo para utilizar algum serviço específico como as Colônias de Férias e auxílio funeral e depois cancelam sua filiação. O período valerá apenas para as situações de reinclusão de associados, os pedidos iniciais de policiais e bombeiros militares para filiação à AVM não sofrerão qualquer carência.

2) Autorização para aquisição de imóvel, mediante doação do município, em Alvorada do Sul;

Com a transferência de titularidade oficialmente autorizada pela Câmara Municipal, que ocorreu em outubro deste ano, a Associação poderá transformar o espaço em um grande centro de lazer, que será chamado de Terminal Turístico da AVM. Os associados poderão usufruir de mais uma opção de lazer, às margens da Represa Capivara, não apenas aqueles que residem em Alvorada do Sul, mas também em outras cidades próximas. Promover este benefício na região norte do Paraná é um grande sonho da diretoria, que com muito trabalho e dedicação tornar-se-á realidade em breve.

3) Previsão orçamentária e programa anual de administração para 2018;

A previsão orçamentária e o plano de administração foram aprovados, sendo avaliada toda a receita estimada para o exercício de 2018 e as metas para a aplicação desses recursos ao logo do ano. O Conselho analisou as despesas, como a manutenção geral e funcionamento da Associação, e também os investimentos em benefício dos associados.

Entre as metas para 2018 estão a revitalização da sede administrativa da AVM e a  execução da terceira fase da pavimentação do estacionamento, aquisição de notebooks e gabinetes para melhorar o atendimento ao associado, a primeira fase das obras de recuperação do novo Centro de Lazer em Alvorada do Sul, regulamentação da identificação visual dos grêmios da AVM, início das obras do Hotel de Trânsito, e muito mais.

Converse no WhatsApp