Dicas do Villa

  • PROIBIDO A ENTRADA

    (fazer arte em que a frase fique num cartaz de uma porta, por exemplo, e se for pertinente) Avisos como este estão nos portões e paredes de empresas, Trata-se de caso...

  • Certa vez, minha secretária me chamou…

    Certa vez, minha secretária me chamou: “Professor, sua aluna está no telefone e quer falar consigo!” Quase disse a ela que, “se a aluna quer falar consigo”, ela quer falar COM...

  • Tenho PEGO (É), tenho PEGO (Ê) ou tenho PEGADO…

    Para não errar, lembre-se de que as formas de particípio regular -ado, -ido), como prender (prendido), matar (matado), etc., são obrigatoriamente usadas com os auxiliares TER E HAVER. Então, tenho PEGADO...

  • Quem sobe para cima, certamente desce para baixo

    Eis, aqui, dois dos exemplos mais comuns de pleonasmo vicioso ou errado, que, claro, devem ser evitados. Para ficar mais cultural, lembremos que esse é um dos vícios de linguagem, a...

  • Batatinha quando nasce esparrama pelo chão

    Pois é, a sabedoria popular, vez ou outra, vai alterando os chamados adágios (expressões) populares. É o caso desse aí, acima, cuja correção é: Batatinha quando nasce ESPALHA A RAMA pelo...

  • POR QUE TEXTOS E PALESTRAS ESBANJAM EXPRESSÕES VAZIAS?

    Comecemos com a mais odiosa: A NÍVEL DE. Patatipatatá, lá vêm os jornais, as TVs, os professores, com essa expressão. Ah, se fosse EM nível de, ainda vá lá, apesar de...

  • COMO ESCREVER AS PALAVRAS NÃO APORTUGUESADAS?

    Há várias palavras estrangeiras que já têm sua grafia em Português, como: gangue (de gang), uísque (de whisky), recorde (de record) – ah, não pronuncie rÉcorde, pois o correto é reCORde,...

  • FAZ OU FAZEM ANOS QUE NÃO NOS VEMOS?

    Ah, quando alguém chega com  esse “fazem anos que não nos vemos”, já vou pensando: que bom, livrei-me desse analfabeto! Brincadeirinha, certo, porque todo mundo erra no nosso portuguesinho. Vamos lá!...

  • O SOGRO DE MEU FILHO É O MEU COSSOGRO (OU SERÁ CO-SOGRO?)

    Na nova ortografia proposta à nossa Língua Portuguesa, aplausos para uma solução prática para o uso do prefixo CO- na composição de palavras. Você já pode usar a alteração (que ainda...

  • A PRISÃO EM FLAGRANTE DEVEU-SE AO FRAGRANTE PERFUME DO CRIMINOSO

    Eis aqui um exemplo de parônimo (semelhança de pronúncia e escrita) que, par a par com um homônimo (mesma pronúncia com – ou não – a mesma escrita -) nos trazem...

Próxima Página »