Assembleia Geral da AVM aprova participação dos praças no processo eleitoral e outras alterações estatutárias

Por
Atualizado em: 8 de novembro de 2018

A Assembleia Geral Extraordinária da AVM, realizada nesta quinta-feira (08), ficará marcada na história da Associação pela grande evolução que representam as alterações estatutárias aprovadas. A principal delas é a participação dos associados praças no processo eleitoral, não apenas com direito a voto, como também integrando a Assembleia Geral, Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal e participando da administração da AVM.

A reunião, realizada no Hotel da AVM, em Foz do Iguaçu, contou com a participação de 41 membros do Conselho Deliberativo, além de diretores e demais associados que acompanharam o debate. O andamento dos trabalhos foi comandado pelo presidente da Assembleia, Coronel Miguel Capriotti, e as propostas de alterações foram apresentadas pelo diretor do Departamento de Assistência Jurídica, Major Wellenton Selmer, contendo na pauta três itens de destaque:

1 – Agregar à finalidade da associação a possibilidade de atuar como Entidade Representante de Classe – NÃO APROVADA.

2 – Possibilitar o voto das praças e a participação nas funções da Assembleia Geral, Conselho Deliberativo, Conselho Fiscal e Diretoria Executiva, aplicando-se as ressalvas necessárias à preservação da hierarquia, da disciplina e da convivência harmoniosa dos associados – APROVADA.

3 – Extinção da reeleição para o cargo de presidente da Diretoria Executiva e mudança do mandato de 3 para 4 anos – APROVADA.

Com relação à rejeição da atuação da AVM como representante da classe, a maioria dos membros entendeu que tal alteração não seria positiva para a entidade, que deve se manter com o foco no lazer e na beneficência.

Participação das praças é um marco histórico

Sem dúvida, a aprovação do voto das praças e a participação nas funções foi a mais comemorada entre os presentes, pois representa um marco histórico de evolução e garantia de ampla participação, desenvolvendo uma Associação cada vez mais voltada aos interesses dos associados. Nada mais justo assegurar o direito ao voto aos praças, que representam 89% dos associados e são a força motriz da AVM.

O presidente da AVM, Coronel Washington Alves da Rosa, destacou a importância da alteração: “hoje apresentamos uma proposta de alteração do estatuto que felizmente foi entendida e aprovada pelos integrantes da assembleia geral. Resgatamos uma reivindicação antiga dos sócios praças da AVM que a partir de hoje estarão exercendo seus direitos de associados em sua plenitude. Além do voto, as praças terão participação efetiva na administração e fiscalização da Avm ao poderem participar , também, dos órgãos mais importantes da associação: conselho fiscal; deliberativo e assembleia geral”, afirmou.

O Tenente-coronel Pedro Ramos, que ingressou na PMPR como praça, afirmou que esse é um grande avanço para a associação. “A proposta respeita a legislação e os círculos hierárquicos e a AVM só tem a ganhar possibilitando a participação de todos”, disse.

O prefeito da AVM, Sargento Sidney Alcântara, que percorre todo o Paraná, afirmou que essa sempre foi uma cobrança constante dos associados praças. “Eles querem colaborar, sem desrespeitar a hierarquia e a disciplina. Eles querem somar e tenho certeza que muitos policiais de se desfiliaram por esse motivo retornarão ao quadro associativo com essa alteração”, afirmou.

“Não queremos empoderamento dos praças, o que queremos é o direito de participar, com voto de qualidade, sem diferenciação na Assembleia Geral”. afirmou o associado, Subtenente Alcino Fogaça.

O item que previa o impedimento à reeleição do presidente e a alteração do mandato para quatro anos também motivou uma ampla discussão, sendo aprovado por unanimidade. Pequenas modernizações no estatuto também foram aprovadas, entre elas a especificação “Polícia Militar e Corpo de Bombeiros, caso haja uma separação futura, e a possibilidade do processo eleitoral ser realizado via internet.

“Seguimos fazendo valer nosso lema de campanha: inovação com qualidade, coragem e responsabilidade. O dia de hoje foi marcado pela coragem de nossa gestão, de propor uma alteração tão importante e significativa como essa, que foi aprovada pelos membros do Conselho,garantindo a participação dos associados praças, para que juntos possamos promover ainda mais melhorias e um crescimento constante à nossa AVM”, finalizou o Coronel Washington.

A notícia rapidamente foi divulgada pelos associados via WhatsApp e também nas redes sociais, rendendo muitos elogios à atual gestão pelo grande avanço: “Parabéns a esta nobre e dedicada diretoria. Parabéns ao atual presidente da AVM, Coronel Washington, que nesta gestão lutou para o melhor da Associação, agora com mais esta conquista”, declarou o associado Tiago Andrade.

Converse no WhatsApp